Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10748
Título: História d“O Bailado do Deus Morto”: uma radical modernização do teatro no Brasil
Autor(es): Golino, William
Palavras-chave: Teatro - Brasil
Data do documento: 2002
Resumo: “O Bailado do Deus Morto” é uma peça de teatro escrita por Flávio de Carvalho e encenada em 1933, na inauguração do Teatro da Experiência. É uma obra moderna, como as outras obras e ações do artista, porque faz a crítica radical e histórica do mundo artístico e seu contexto. É um teatro coletivo, no qual o palco e os elementos cênicos são tão ativos quanto os atores e todos estão integrados entre si e com o mundo exterior, rememorando a tragédia da morte de deus e apresentando a vida criativa do homem liberto dos mitos. O Bailado se insere numa história maior de modernização do teatro no Brasil, iniciada em 1918, levando para o palco a crítica contra o teatro de representação da vida cotidiana e a solução cênica para um teatro livre e revolucionário, capaz de intervir substancialmente no dia a dia.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10748
Aparece nas coleções:DTAM - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
GOLINO, William. História d'O Bailado do Deus Morto... Dissertação.pdf4.54 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons