Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10590
Title: AAvaliação da Acurácia da Tomografia Computadorizada de Feixe Cônico no Diagnóstico de Desadaptação de Próteses Sobre Implante Confeccionadas Por Diferentes Materiais.
metadata.dc.creator: SIQUEIRA, C. A.
Issue Date: 25-Sep-2018
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: SIQUEIRA, C. A., AAvaliação da Acurácia da Tomografia Computadorizada de Feixe Cônico no Diagnóstico de Desadaptação de Próteses Sobre Implante Confeccionadas Por Diferentes Materiais.
Abstract: Introdução: Os implantes dentários são muito utilizados após a perda dos dentes para reabilitar função e estética. Sobre o implante é instalada uma prótese que pode ser confeccionada em diversos materiais. A prótese deve estar bem adaptada ao implante, pois desajustes podem causar aumento nos valores de tensão da prótese. Para avaliar a desadaptação, podem ser utilizados exames radiográficos e táteis, porém ambos são susceptíveis ao operador e à técnica empregada, além de o exame radiográfico fornecer uma imagem bidimensional, que resulta em sobreposição de imagem. A tomografia computadorizada de feixe cônico (TCFC) registra imagens tridimensionais das estruturas bucomaxilofaciais, porém faltam estudos para avaliar o seu desempenho no acompanhamento de implantes. Objetivo: Avaliar a acurácia da TCFC na detecção da desadaptação entre implante e próteses confeccionadas com diferentes materiais. Material e Métodos: Foram instalados 32 implantes hexágono externo em mandíbulas humanas maceradas. Sobre esses implantes foram instaladas próteses de diferentes materiais, constituindo três grupos experimentais: metalocerâmica, titânio recoberto por resina, e zircônia recoberta por cerâmica. Simularam-se desadaptações interpondo-se tiras de poliéster entre implante e próteses. Imagens tomográficas foram adquiridas utilizando-se o tomógrafo Picasso Trio (85 kVp, 10 mA, FOV 8x5 cm e Voxel 0.2 mm) com a prótese adaptada e desadaptada ao implante. Cinco cirurgiões-dentistas avaliaram as imagens para verificar a presença ou não de desadaptação. As reprodutibilidades intra e interexaminadores foram analisadas utilizando-se o teste Kappa. Realizaram-se análises descritivas para determinação de valores de diagnóstico. Os valores de Az foram submetidos ao teste de comparação de curvas ROC com nível de significância de 5%. Resultados: As reprodutibilidades intra e interexaminadores variaram entre justa a quase perfeita. Os maiores valores de sensibilidade, acurácia, valor preditivo positivo e valor preditivo negativo encontrados foram atribuídos ao grupo Titânio. Os maiores valores de Az foram encontrados para os grupos Titânio (Az = 0.95) e Metalocerâmica (Az = 0.90), em relação ao grupo Zircônia (Az = 0.77), sendo essa diferença estatisticamente significante (p < 0.05). Conclusão: A avaliação da desadaptação entre implante e prótese através da TCFC tem maior acurácia para as próteses de titânio recoberto de resina e metalocerâmica.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10590
Appears in Collections:PPGCO - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_12589_Dissertação Caíque Concluída.pdf8.37 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.